Câmara da Segurança mira no “Novo Cangaço” e no combate ao tráfico no Nordeste

Eleito coordenador do colegiado da Câmara da Segurança Pública do Nordeste, o secretário de Segurança Pública do Piauí, coronel Rubens Pereira, afirma que o “Novo Cangaço” estará na mira das ações de prevenção e de combate ao crime organizado no Nordeste. A Câmara de Segurança também irá fortalecer a batalha contra o tráfico de drogas e de armas envolvendo os nove estados nordestinos, reforçando a proteção nas fronteiras e divisa. O colegiado já estuda a formação de uma Força Integrada de Segurança para atuação regional.  

Fotos: Roberta Aline/

Os grupos criminosos conhecidos como “Novo Cangaço” são reconhecidos por “tocar o terror”, principalmente em cidades pequenas, em ataques a agências bancárias. Assaltantes fortemente armados, com fuzis e explosivos, por exemplo, chegam a fazer os moradores de reféns, como aconteceu na cidade de Miguel Alves, em outubro de 2020, para amedrontar a população e intimidar as polícias.

“Esse é um dos temas para o qual vamos dar maior atenção. Aliás foi muito ventilado nas reuniões, inclusive pelo presidente do Consórcio [Nordeste, governador do Piauí, Wellington Dias]. Queremos sim unir esforços para esse combate, com uma rede de inteligência e investigação integradas para reduzir a criminalidade violenta no Nordeste. Isso será prioridade”, disse o coordenador. 


Tráfico
O secretário ressalta que o tráfico de drogas e de armas entre os estados também preocupa o colegiado. “Estamos idealizando um sistema para o NE de proteção das fronteiras utilizando-se, por exemplo, de um sistema integrado de vigilância eletrônica por câmeras. Iremos propor (ideia, inclusive, do governador, ressalta o secretário) de uma Força Integrada de Segurança para atuação regional”.

“São muitas ideias, oportunidades, recursos tecnológicos, equipamentos modernos que podem ser utilizados. Tudo será pautado e analisado com coerência e pés no chão”, explica o coronel. 

Pistolagem

Recentemente, as prisões dos suspeitos de matar o empresário Janes Cavalcante de Castro chamou a atenção pela ligação do homicídio, que ocorreu na cidade de Parnaíba, em setembro de 2020, com o crime de pistolagem.  Os suspeitos foram presos na última quarta-feira (14), durante operação policial, nos estados do Piauí, Alagoas e Pernambuco. 

“Essa investigação é um exemplo do sucesso da integração entre as Polícias. Participaram policiais rodoviários federais e policiais civis de Pernambuco, Alagoas e Piauí. Não podemos desconsiderar a atuação regional desses grupos criminosos, portanto, a integração das forças de segurança dos Estados é fundamental e tem resultados sempre positivos”. 

Criação 

A iniciativa de criação da Câmara Temática de Segurança Pública do Nordeste foi do presidente do Consórcio Nordeste, governador Wellington Dias.  A Câmara contará com a participação de todos os secretários de Segurança dos estados do Nordeste.  

Na última quarta-feira (14) ocorreu a primeira reunião dos integrantes da Câmara. Na ocasião, escolheram como coordenador, o secretário de Segurança do Piauí, Rubens Pereira, e o vice-coordenador, secretário de Segurança de Pernambuco, Antônio de Pádua Cavalcanti. 

A reunião contou com a presença do Colegiado dos Secretários de Segurança do Nordeste, que participou da escolha da coordenação. 

“Formaremos os subgrupos com representações estaduais. O trabalho prossegue. Esperamos resultados a curto, médio e longo prazo, conforme a complexidade de cada tema”, diz Rubens Pereira.