Investigação criminal apura transporte de madeira sem licença no Piauí

O Ministério Público do Piauí, através da promotoria de justiça de Picos, instaurou o procedimento investigatório criminal para apurar transporte de madeira sem licença no Piauí.

O promotor Maurício Verdejo G. Júnior solicitou encaminhamento de ofício à  Superintendência de Polícia Rodoviária Federal de Picos, para que, no prazo de 10 dias, apresente informações acerca da instauração de Termo Circunstanciado de Ocorrência para apurar os fatos narrados em processo administrativo.

Em várias situações, a PRF fez a apreensão de cargas de madeira que aconteciam de forma ilegal ou sem a documentação necessária.

O procedimento tem como objetivo apurar suposto crime de transporte de madeira sem licença da autoridade competente, previsto no art. 46 da Lei de Crimes Ambientais.

Outras providências foram determinadas pelo promotor para apuração do caso.