13% dos estudantes de ensino fundamental e médio do Piauí sofreram importunação sexual, diz IBGE

A Pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE) 2019 registrou que quase 13% dos estudantes de 13 a 17 anos do Piauí já sofreram importunação sexual, e 5,6% relataram já ter sido estuprados. Os dados foram divulgados nesta sexta-feira (10).

As meninas são vítimas mais frequentes de importunação sexual e de estupro no Piauí. Segundo a pesquisa, 17,7% das adolescentes relataram ter sido importunadas sexualmente, enquanto entre os meninos o índice é de 7,3%.

Sobre os casos de estupro, 7,3% das meninas entrevistadas relataram ter sido vítimas, assim como 3,7% dos meninos.

A PeNSE foi realizada em 2019 em todo o Brasil. Segundo a Pesquisa, o Piauí possuía em 2019 201.869 estudantes com idades entre 13 e 17 anos. 86,6% deles estavam matriculados em escolas públicas, e 13,4% na rede privada.

Importunação sexual

As meninas são mais frequentemente vítimas de importunação sexual e de estupro no Piauí.  — Foto: TV Globo/Reprodução

As meninas são mais frequentemente vítimas de importunação sexual e de estupro no Piauí. — Foto: TV Globo/Reprodução

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), responsável pela pesquisa, o índice de casos de importunação sexual é maior entre estudantes de escola privada: 16,5% deles teriam sido vítimas desse tipo de violência, enquanto 12,2% nas escolas públicas.

A importunação sexual é cometida na maioria dos casos (27%) por namorados, ex-namorados ou “ficantes” dos adolescentes. 22,6 % dos casos é cometido por amigos, e 13,7% por familiares das vítimas. 6% dos casos teriam sido cometidos por pai, mãe, padrasto ou madrasta.

Estupro

Ainda segundo a pesquisa, 5,6% dos estudantes do Piauí relataram que foram vítimas de estupro. Os crimes de estupro foram mais frequentes contra estudantes de escola pública (5,8% dos estudantes) do que entre os de escola privada (4,4%).

Na maioria dos casos (24,8%) o crime teria sido cometido por namorado, ex-namorado ou “ficante”. Em 22%, os adolescentes relataram ter sido abusados por um amigo. 24% teriam sido vítima do crime por familiares, e em 8,2% dos casos pelo pai, mãe, padrasto ou madrasta.

Segundo IBGE, 13% dos estudantes de ensino fundamental e médio do Piauí sofreram importunação sexual — Foto: IBGE

Segundo IBGE, 13% dos estudantes de ensino fundamental e médio do Piauí sofreram importunação sexual — Foto: IBGE

Ainda sobre os casos de estupro, a pesquisa observou que quanto mais jovens são as vítimas, mais elas são vulneráveis aos criminosos (Gráfico acima).

Quase metade (47,5%) dos adolescentes que contaram ter sido vítima de estupro tinham menos de 13 anos quando o crime aconteceu. A proporção cai conforme a idade dos adolescentes avança. 2,9% dos casos aconteceram quando os estudantes tinham 17 anos de idade.