Tragédia em Nazária: bombeiros encontram o último corpo no Rio Parnaíba

Equipes do Corpo de Bombeiros enceraram as buscas das cinco crianças e adolescentes que desapareceram nas água do rio Parnaíba, em Nazária ( a 35 km de Teresina). O último corpo foi encontrado a cerca de 12km do local da tragédia na zona rural de Teresina. 

O corpo encontrado foi de Ana Ketlelly da Conceição Silva, de 11 anos. Assim como a irmã, Eduarda Kemylly da Conceição Silva, de 9 anos, o corpo estava preso em galhos às margens do rio Parnaíba. Os corpos das duas irmãs serão encaminhados ao Instituto de Medicina Legal (IML).

“As duas irmãs já estão para o IML. Agora é torcer para que não tenha outra tragédia como essa e que as pessoas tenham cuidado com as crianças, se prepararem. Se verem que alguém vai se afundar, procurem algo que flutue”, destacou o coronel Emídio Oliveira.

O afogamento aconteceu no domingo (28). O primeiro corpo a ser resgatado foi Marcos Vinicius Santos, de 8 anos, no início da manhã de segunda-feira (29). Logo depois, por volta das 11h, foi resgatado o corpo da irmã dele, Vitória Emanuelle, de 13 anos. Por volta das 12h30 foi resgatado José da Cruz Alves, de 15 anos, que é primo das vítimas.

Na tarde de segunda-feira, o Instituto de Medicina Legal liberou os três corpos, que foram sepultados na manhã de hoje em Nazária.

Foto: Reprodução redes sociais

Marcos Vinicius Santos e a irmã Vitória Emanuelle, José da Cruz Alves, e as irmãs Eduarda Kemylly e Ana Ketlelly