Polícia prende suspeito de matar marido de secretária na frente das filhas

Um homem suspeito de matar João Rodrigues Dias Neto, marido da secretária do Trabalho e Assistência Social de São Raimundo Nonato, foi preso na tarde desta quinta-feira (15). O crime ocorreu há dois dias enquanto a vítima deixava as filhas na escola. Ele teria sido assassinado por vingança dias após se envolver em um acidente de trânsito que terminou em morte. 

A prisão ocorreu na cidade de São Lourenço do Piauí, que fica na mesma região onde ocorreu o crime. 

“A prisão aconteceu por volta das 16h. As guarnições da Polícia Militar, Polícia Civil através de uma informação anônima efetuou a prisão”, disse o major França, comandante do BPM de São Raimundo Nonato.

O suspeito ainda não prestou depoimento e, só depois, a Polícia Civil dará mais detalhes sobre o caso.

“As diligências não foram concluídas ainda. Não foi tomado o depoimento dele para poder confirmar se a morte foi contratada ou se foi outro motivo. O importante é que ele foi preso, não reagiu e está sendo conduzido para a delegacia regional”, afirmou o major.

Segundo a PM, o suspeito se parece com o executor que aparece nas imagens do crime. “Ele tem a característica do elemento executor, mas só após o depoimento o delegado regional vai falar com a imprensa”, disse.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

O crime

A vítima foi morta em frente às duas filhas quando as buscava em uma escola no centro da cidade.  Ele era casado com a empresária Valdenia Costa, secretária do Trabalho e Assistência Social do município. 

Nas imagens, um homem espera João Rodrigues passar pela rua. Quando ele vê a motocicleta, o suspeito logo aponta a arma para a vítima e as duas crianças. Ele então realiza disparos de arma de fogo contra João.

A vítima e a filha mais nova caem no chão, enquanto a mais velha tenta socorrer eles. As duas meninas não ficaram feridas.