Mulher é morta pelo marido com tiro na cabeça em São João da Canabrava

Uma mulher identificada como Ana Flávia Cardoso de Almeida, de 36 anos, foi assassinada com um tiro na cabeça na noite de sábado (5), na frente dos filhos, no município de São João da Canabrava, a 303 km de Teresina. O suspeito pelo crime é o marido Cláudio Roberto de Souza, de 43 anos, após ter uma crise de ciúmes porque a vítima saiu para a igreja.

De acordo como cabo Franco, comandante da Polícia Militar em São João da Canabrava, a vítima chegou em casa com a filha do casal, após ter ido para a igreja, e foi surpreendida com o marido, que estava com uma espingarda e realizou disparo de arma de fogo na cabeça da vítima por volta das 21h50.

“Ele teve uma crise de ciúmes, parece que ele não queria que ela saísse para igreja, ficava desconfiando dela, então não queria que ela fosse. Quando ela chegou da igreja, junto com a filha deles, pegou a espingarda e atirou nela”, informou o cabo Franco. Na casa estavam dois filhos do casal.

Segundo a PM, foi a filha do casal que relatou que o pai realizou o disparo. Após o crime ele fugiu. Ana Flávia chegou a ser socorrida para o Hospital Regional Justino Luz, em Picos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. O casal tinha três filhos.

“Populares relataram que ele era agressivo com ela, que tinha muito ciúmes dela, mas a vítima nunca fez nenhum registrou ou formalizou qualquer denúncia”, disse o comandante.

Diligências estão sendo realizadas para localizar o suspeito e no início da tarde deste domingo (6) a moto dele foi encontrada próxima em uma estrada, e a polícia acredita que ele pode ter entrado na mata.