Enem abre nesta terça (14), inscrição gratuita a alunos faltosos de 2020

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) dará início nesta terça-feira, 14 de setembro, às 10h, ao prazo de inscrições de candidatos isentos e faltosos na edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 e que não justificaram a ausência para a edição do Exame de 2021 com a garantia da gratuidade. Ele seguirá aberto até o próximo dia 26.

Acesse a Página do Participante!

Vale reforçar que o prazo é específico para quem ganhou a isenção no Enem 2020, não compareceu ao exame e no período de solicitação da isenção do Enem 2021 não apresentou justificativa para que pudesse pedir novamente a gratuidade da taxa. Com isso, muitos participantes deixaram de se inscrever para a edição deste ano. 

A reabertura para esses casos veio após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que determinou a reabertura do prazo para que candidatos que desejam solicitar isenção da taxa de inscrição, no valor de R$ 85, para se inscrever no Enem de 2021, levando em conta o período atípico de pandemia que motivou faltas por medo da transmissão da Covid-19. 

Os participantes que se inscreverem neste período terão até o dia 27 de setembro para que possam solicitar o atendimento especializado ou o tratamento pelo nome social. 

Provas

Os participantes que se inscreverem de 14 a 26 de setembro farão as provas nos dias 09 e 16 de janeiro de 2022. 

Para os 3,1 milhões de inscritos confirmados,  que se inscreveram no Enem no prazo anterior, de 30 de junho a 14 de julho, continua sendo os dias 21 e 28 de novembro.

Enem PPL

Em relação ao Enem para pessoas privadas de liberdade ou sob medidas socioeducativas (Enem PPL), o Inep anunciou mudanças nas datas de provas. Antes, elas iriam acontecer nos dias 11 e 12 de janeiro de 2022, mas foram passadas também para 9 e 16 de janeiro de 2022.

As inscrições para o Enem PPL 2021 continuam abertas até 17 de setembro e podem ser feitas pelos representantes pedagógicos das instituições socioeducativas e prisionais.

Enem 2021

Nesta edição, as provas do Enem Impresso e Digital terão o mesmo conteúdo cobrado.

Veja abaixo a distribuição das questões:

=>Primeiro dia de provas, das 13h30 às 19h: redação + 45 questões objetivas de linguagens e códigos + 45 questões de ciências humanas
=>Segundo dia de provas, das 12h30 às 18h30: 45 questões objetivas de ciências da natureza e 45 questões de matemática

Ao fazer as provas do Enem, os estudantes podem usar as notas para ingressar em instituições de ensino superiores. Com o desempenho, é possível se inscrever nestes três programas do Ministério da Educação (MEC):

  • SiSU: disponibiliza vagas em instituições de ensino públicas, como universidades federais, universidades estudais, institutos federais, etc.
  • ProUni: oferece bolsas de estudo em universidades particulares para estudantes da rede pública e de baixa renda.
  • Fies: conta com financiamentos, também em instituições de ensino privadas.

Com as notas do Enem, também é possível se inscrever em vestibulares e estudar em Portugal.